Navegue pelo Canal Beagle até o Fim do Mundo

Não é todo dia que você visita aquela que é chamada de a cidade mais austral do mundo, Ushuaia. E quando você finalmente chega lá, uma das coisas a não perder é navegar no Canal Beagle.

Navegue pelo Canal Beagle até o Fim do Mundo

O dia está cinzento e muito frio em Ushuaia. De vez em quando, sai um raio de sol tímido que não aquece nada. Aqui mesmo no verão parece que é inverno, o vento é gélido, mas devido a alguma intervenção divina, o mar no canal está extremamente calmo, o que é bastante raro.



Por volta das 3 da tarde, ap√≥s uma refei√ß√£o farta, vamos ao capannino di Tolkeyen Patag√īnia, a ag√™ncia que escolhemos para navegar no Canal de Beagle e n√≥s retiramos nossos ingressos.

Antes de embarcar, porém, devemos fazer uma longa fila no escritório do capitão do porto e pagar a taxa portuária.

Navegue pelo Canal Beagle

Navegue pelo Canal Beagle até o Fim do Mundo

O barco é grande e por isso agradeço aos céus: os botes balançam muito mais e eu não teria ficado feliz se ao invés de aproveitar a excursão eu tivesse que ficar o dia todo com a cabeça para fora para trazer de volta ao mundo o que fiz desaparecer da mesa nem mesmo algumas horas antes.

Desdobramos as velas (por assim dizer já que o barco é motorizado) e começamos a navegar nas verdes águas do canal, deixando atrás de nós a cidade de Ushuaia, coroada pelos picos nevados do rio. Montanhas Olivia e Cinco irmãos. A vista é maravilhosa: de um lado temos os altos picos nevados e recortados doGrande Ilha da Terra do Fogo na Argentina, por outro lado, a costa mais suave com os prados deIlha Navarino no Chile.



Navegue pelo Canal Beagle até o Fim do Mundo

Il Canal Beagle Tem 240 km de extens√£o e separa a Ilha Grande, onde fica Ushuaia, de outras ilhas menores e √© uma das tr√™s "estradas naveg√°veis" que ligam o Pac√≠fico ao Atl√Ęntico.

Essas ilhas foram por muitos anos a causa de uma disputa entre Argentina e Chile (uma das muitas, eu diria, Chile e Argentina ainda hoje discutem sobre a propriedade de algumas √°reas de fronteira, como a Ant√°rtica e o Parque Nacional Los Glaciares), mas hoje os limites s√£o bem definidos aqui.

Il canais leva o nome do brigue HMS Beagle que em sua primeira expedi√ß√£o aqui entre 1826 e 1830 (Darwin participou da segunda alguns anos depois, em 1833, junto com o capit√£o Robert Fitzroy) realizou pesquisas hidrogr√°ficas sob o comando do capit√£o Phillip Parker Rei.

O que √© verdadeiramente fascinante em navegar nessas √°guas mitol√≥gicas √© que n√£o √© dif√≠cil imaginar que ainda hoje temos as mesmas vis√Ķes id√™nticas que Charles Darwin e Magalh√£es tiveram muitos anos antes dele, ao chegar a essas costas ele as rebatizou. Terra dos Fumos, por causa das fogueiras que os ind√≠genas Yamana acenderam nas praias.

Nosso primeiro destino é a Ilha dos Pássaros, em Ilhas Bridges do arquipélago de Alicia: aqui vivem colónias de corvos-marinhos de Magalhães e corvos-marinhos imperiais. São tantos que é impossível contá-los.

Navegue pelo Canal Beagle até o Fim do Mundo Navegue pelo Canal Beagle até o Fim do Mundo

O barco se aproxima para nos permitir tirar algumas fotos, enquanto o alto-falante do microfone nos conta a história do Canal de Beagle, sua flora e fauna.


Ap√≥s a parada, come√ßamos de novo: pr√≥ximo destino oIlha Los Lobos onde vivem os le√Ķes marinhos. Os le√Ķes marinhos da Am√©rica do Sul s√£o muito diferentes daqueles que eu vi em San Francisco Al Fishermans 'Wharf o na minha viagem para Gal√°pagos.


Navegue pelo Canal Beagle até o Fim do Mundo

o leão-marinho sul-americano (Otaria flavescens) tem cabeça muito grande e o macho é caracterizado por uma juba: os machos, que pesam o dobro das fêmeas e é impossível não reconhecê-los, podem pesar até 300 kg e atingir um comprimento de mais de dois metros e meio!

Chegamos depois de algumas horas no faro The Pathfinders, no arquipélago do mesmo nome onde em 1930 naufragou o navio Monte Cervantes. Este farol, pintado em faixas vermelhas e brancas com uma lanterna preta no topo, é chamado pelos argentinos de "Faro del fin del mundo".

Navegue pelo Canal Beagle até o Fim do Mundo

Na realidade, o nome √© enganoso, j√° que Les Eclaireurs costuma ser confundido com o Farol de San Juan de Salvamento que fica na costa leste da distante Ilha dos Estados e que ficou famosa por J√ļlio Verne com o romance ‚Äúo farol do fim do mundo‚ÄĚ.

Alguns cruzeiros pelo canal neste ponto param aqui e voltam. Em vez disso, escolhemos fazer a excursão que continua para o sul até oilha do martelo com sua pinguinera.

Navegue pelo Canal Beagle até o Fim do Mundo

Juro que nunca em minha vida vi tamanha variedade de animais e, neste caso, de pinguins. são principalmente pinguins de Magalhães (Spheniscus magellanicus), facilmente reconhecíveis graças às penas pretas na cabeça e nas costas e no ventre branco atravessado por duas faixas pretas.


Entre os pinguins de Magalhães também vemos outros da espécie Gentoo facilmente reconhecível por seu bico e pés amarelos.

Navegue pelo Canal Beagle até o Fim do Mundo Navegue pelo Canal Beagle até o Fim do Mundo

N√£o podemos sair do barco, mas chegamos t√£o perto da praia que sentimos que podemos tocar essas criaturas engra√ßadas e ternas. Por sua vez, os pinguins n√£o parecem absolutamente perturbados pela nossa presen√ßa e pelos cliques cont√≠nuos das c√Ęmeras.


Eles continuam fazendo suas coisas como se nada tivesse acontecido: eles brigam, brincam, tomam banho, caminham e nos olham quase mais intrigados do que nós do que vice-versa.

Navegue pelo Canal Beagle até o Fim do Mundo Navegue pelo Canal Beagle até o Fim do Mundo

Il Pinguim de magalhães é uma espécie de pinguim que vive apenas na costa sul da América do Sul (Chile e Argentina), nas Ilhas Malvinas (o que os argentinos chamam de Ilhas Malvinas) e no Cabo de Hornos e que, devido à poluição, está na lista de espécies em perigo.
Entre o final de mar√ßo e o in√≠cio de abril, as col√īnias deixam o continente e voltam ao oceano, rumando para o norte onde o clima √© mais ameno.

Informa√ß√Ķes √ļteis sobre o cruzeiro do Canal Beagle

Navegue pelo Canal Beagle até o Fim do Mundo

Existem várias agências que organizam o cruzeiro pelo Canal de Beagle e todas partem do cais turístico de Ushuaia.

Tolkeyen Patag√īnia organiza diversos tipos de cruzeiros, abaixo voc√™ encontrar√° a lista atualizada em janeiro de 2017. Verifique no site da ag√™ncia, pre√ßos e hor√°rios podem ter mudado.

Op√ß√£o 1: Isla de Los Lobos + Ilha dos P√°ssaros + Le Eclaireurs + caminhada na Ilha da Ponte (opcional e sujeito √†s condi√ß√Ķes meteorol√≥gicas) - diariamente √†s 9,30h12; 17h, 3,30h (com caminhada na ilha) e 2h30 (sem caminhada). Dura√ß√£o XNUMX horas e XNUMX horas.

Op√ß√£o 2: Ilha dos P√°ssaros + Isla de Los Lobos + Les Eclaireurs + Penguin Rockery (Ilha Martillo) - todos os dias √†s 9h e 15,30h5. Dura√ß√£o aproximadamente XNUMX horas. 

Op√ß√£o 3: Ilha dos P√°ssaros + Isla de Los Lobos + Les Eclaireurs + Canteiro de Pinguins (Ilha Martillo) + Estancia Hamberton (ida e volta de √īnibus) - Ter√ßa, Quinta, S√°bado e Domingo √†s 9h Dura√ß√£o 8 horas. 

Navegue pelo Canal Beagle até o Fim do Mundo

Geralmente é proibido descer do catamarã na pinguinera, mas existe uma agência que tem autorização para isso: não lembro o nome, pergunte quando você estiver lá.

Eu pessoalmente n√£o tenho interesse em me aproximar muito dos pinguins (acho que est√£o cansados ‚Äč‚Äčde ter gente passando por eles invadindo sua casa) e prefiro uma experi√™ncia que me garanta v√™-los mantendo uma dist√Ęncia que os proteja e sem quebr√°-los demais. as caixas.

Tamb√©m existe a op√ß√£o de ir com a ag√™ncia Tr√™s Marias que tem o direito exclusivo de descer √† Isla H gra√ßas ao Capit√£o que escreveu um livro muito famoso sobre o submarino Patag√īnia.

Disclaimer: o tour no Canal Beagle foi feito em colabora√ß√£o com Tolkeyen Patag√īnia e l 'Conselho de turismo da Terra del Fuego. Apesar disso, como sempre, minhas opini√Ķes s√£o reais, pessoais e absolutamente sinceras. 

Adicione um comentário do Navegue pelo Canal Beagle até o Fim do Mundo
Comentário enviado com sucesso! Vamos analisá-lo nas próximas horas.