Viagem ao Peru, primavera-ver√£o em Cusco e arredores

    Viagem ao Peru, primavera-verão em Cusco e arredoresVisitar o Peru entre o final de maio e o início de junho é a melhor forma de apreciar a região de Cusco e testemunhar os ritos Inti Raymi.

    Il Peru ao longo dos anos conquistou a aten√ß√£o de milhares de visitantes que puderam captar o encanto de um pa√≠s hospitaleiro, antigo e moderno, rural e incontaminado. A UNESCO, que apoia pol√≠ticas de protec√ß√£o e valoriza√ß√£o de s√≠tios de elevado valor paisag√≠stico, hist√≥rico-arquitect√≥nico e art√≠stico, incluiu 12 localidades peruanas na lista de seu ‚Äúpatrim√īnio mundial‚ÄĚ e estes incluem a cidade de Cusco e o santu√°rio hist√≥rico de Machu Picchu.



    Aqui está um roteiro para descobrir a região de Cusco, para conhecer não só essas duas joias histórico-naturalistas, mas também algumas joias, lugares pouco conhecidos, lindos e... bons. Para apreciá-la no seu melhor, planeie a sua viagem nos meses de maio-junho, entre o final da primavera e o início do verão, para evitar os períodos mais chuvosos e aproveitar as festas que animam a zona.

    Para chegar √† regi√£o de Cusco voc√™ pode optar por um v√īo direto saindo de Lima (uma hora e meia de viagem) ou, alternativamente, reservar um assento nos √īnibus de longa dist√Ęncia que cruzam o Peru (aproximadamente 21 horas de viagem). Do ponto de vista clim√°tico, n√£o se esque√ßa que o Peru est√° localizado abaixo do equador e a consider√°vel extens√£o do pa√≠s, as correntes oce√Ęnicas e a presen√ßa da serra fazem com que diferentes condi√ß√Ķes clim√°ticas possam ser observadas nas diferentes regi√Ķes: na primavera- No ver√£o, a regi√£o de Cusco tem um clima seco e temperado (21¬įC quase o ano todo), enquanto em Machu Picchu √© quente-√ļmido e fresco √† noite.


    Cusco, o centro do mundo

    Localizada a 3400 metros acima do n√≠vel do mar, Cusco √© a antiga capital do Peru e est√° localizada na regi√£o de mesmo nome, em uma bacia f√©rtil da bacia do rio Huatanay. Saqueada pelas tropas de Francisco Pizarro e fortemente danificada por terramotos - o que n√£o √© incomum na zona - a cidade e os seus principais edif√≠cios foram alvo de remodela√ß√Ķes e reconstru√ß√Ķes; no entanto, a sua estrutura urbana e muitos edif√≠cios tanto da era Inca como do per√≠odo de domina√ß√£o da coroa espanhola ainda s√£o apreci√°veis.


    Comece sua visita ao centro hist√≥rico de Cusco a partir de Plaza de Armas, com vista para a catedral dedicada √† Bem-Aventurada Virgem Maria, constru√≠da com materiais de constru√ß√£o provenientes dos s√≠tios incas e posicionada sobre as funda√ß√Ķes do pal√°cio do governante Viracocha, e o Museu Inca, que abriga uma vasta cole√ß√£o de joias e objetos de ouro e cer√Ęmica bem como produtos t√™xteis finamente trabalhados. N√£o muito longe, na estrada chamada Hatunrumiyoc, v√° em busca da muralha do antigo pal√°cio do governante inca Roca e do "pedra dos doze cantos‚ÄĚque fala do alt√≠ssimo n√≠vel de qualidade das obras de engenharia e arquitetura da √©poca imperial. Tamb√©m n√£o perca o s√≠tio de Coricancha e, a 3 km do centro, a antiga fortaleza de Sacsahuaman.

    Na capital do Peru pr√©-hisp√Ęnico, no m√™s de junho acontecem festas e festivais que colorem ainda mais as ruas e pra√ßas da cidade: a come√ßar pela prociss√£o de Corpus Christi, durante a qual as imagens da Virgem e dos santos padroeiros de Cusco s√£o transportados em prociss√£o pelo centro at√© a catedral. Mas o ponto alto das comemora√ß√Ķes ocorre no dia 24 de junho, quando toda a cidade imperial se mobiliza pelaInti Raymi, ou a ‚Äúfesta do sol‚ÄĚ, cerim√≥nia que relembra os ritos incas ligados ao solst√≠cio e que se realiza na zona de Coricancha, terminando na esplanada de Sacsahuaman.


    Nos √ļltimos anos, o Peru tem atra√≠do a aten√ß√£o de turistas gourmet que desejam conhecer os segredos da culin√°ria novo andina e visitar um dos protagonistas indiscut√≠veis da culin√°ria mundial, o peruano Gast√≥n Acurio. Se gostar da ideia, em Cusco existe o restaurante Chicha que oferece cozinha regional "segundo Gast√≥n Acurio", ou, voltando do seu passeio pela capital inca, pode ir visit√°-lo diretamente no restaurante Astrid y Gast√≥n, em no distrito de San Isidro, em Lima.


    Machu Picchu, beleza incompar√°vel entre os Andes e a Amaz√īnia

    Para muitos turistas, o Peru √© antes de tudo Machu Picchu. O santu√°rio hist√≥rico, patrim√īnio mundial desde 1983, est√° localizado a 2.340 metros acima do n√≠vel do mar e pode ser alcan√ßado a p√© desde Cusco pela estradaTrilha Inca, ou atrav√©s do trem azul. Ambos chegam a Aguas Calientes e de l√° voc√™ ter√° que caminhar at√© a √°rea arqueol√≥gica, onde nem mesmo os conquistadores espanh√≥is conseguiram pisar, ou pegar um √īnibus que sobe pelas improv√°veis ‚Äč‚Äčestradas de montanha.

    Foi o professor da Universidade de Yale Hiram Bingham, no in√≠cio do s√©culo XX, quem revelou ao mundo a exist√™ncia da cidade perdida de Machu Picchu. As escava√ß√Ķes trouxeram √† luz mais de 200 estruturas com fun√ß√Ķes religiosas, agr√≠colas, civis e residenciais assentes em terra√ßos artificiais sustentados por muros de pedra seca. Maravilhosamente enxertado no meio envolvente, nos Andes peruanos e a curta dist√Ęncia da bacia amaz√≥nica, o local tamb√©m se caracteriza pela sua not√°vel biodiversidade, com a presen√ßa de flores e plantas end√©micas.


    Perto de Cusco, Qoyllority e Pampacorral

    As maravilhas do sudeste do Peru e do distrito de Cusco n√£o param aqui. Seu roteiro de primavera neste momento est√° pronto para tocar tamb√©m localidades menores, mas muito interessantes do ponto de vista folcl√≥rico, gastron√īmico e v√≠nico e cultural. Cinquenta dias depois da P√°scoa, geralmente entre maio e junho, a peregrina√ß√£o realiza-se em santu√°rio do Signore di Qoylluriti, patrim√īnio cultural do Peru e patrim√īnio imaterial da humanidade: um rito que mistura costumes das popula√ß√Ķes pr√©-hisp√Ęnicas com o catolicismo e que conta com o envolvimento de milhares de pessoas em trajes tradicionais que das cidades da regi√£o de Cusco se dirigem a Sinakara, carregando est√°tuas e imagens devocionais.

    A nordeste de Cusco, chega-se à província de Calca e ao distrito de Lares. A viagem dura aproximadamente 3 horas e permitirá que você entre em contato com o Peru mais rural e autêntico. Nos arredores da área natural protegida privada de Pampacorral, também são cultivadas algumas variedades de batata-doce - entre as centenas que o povo andino conhece há séculos - que a fundação Slow Food para a biodiversidade optou por salvaguardar ativamente.


    Adicione um coment√°rio do Viagem ao Peru, primavera-ver√£o em Cusco e arredores
    Comentário enviado com sucesso! Vamos analisá-lo nas próximas horas.